4 dicas para a carreira, envolvendo Escolhas e Oportunidades

Nos últimos dias, dois fatos me fizeram pensar em escolhas e oportunidades. Um verídico e muito interessante, e outro um pouco surreal, fruto de um sonho na última noite. Então, resolvi escrever esse texto.

No último domingo encontrei meu amigo Gilber durante uma festinha infantil. Paraibano divertido e músico de extremo talento, comanda o grupo Madureira Armorial, que leva a cultura nordestina em seus shows, através da música e dos versos da literatura de cordel. Conversa vai, conversa vem, ele fala sobre o momento que conheceu a atual produtora do grupo, durante um evento no Sesc Santo Amaro. O primeiro fato!

Na ocasião, Gilber e outro integrante do grupo, estavam com uma única cópia de seu CD e o intuito era encontrar o responsável pelos agendamentos de shows do local. Foi então que o destino colocou em seu caminho uma agenciadora, responsável pela produtora que fazia o evento do dia e cuidava de diversas bandas de forró e repentistas que se apresentavam ali. Sem me alongar nas explicações, ela gostou do que ouviu e hoje agencia o Madureira Armorial. E olha só que interessante, em breve o grupo se apresentará no Sesc, objetivo que buscavam quando entraram ali com aquele único e abençoado CD.

E o segundo fato?

Ah, os sonhos… hora bons, outras ruins. Muitos trazendo lembranças, outros bastante surreais. Pois bem, na última noite tive um sonho bem surreal. Eu virei apresentador do Bom Dia São Paulo, programa jornalístico das manhãs na Rede Globo. Mas foi algo assim, de repente. Do nada eu estava ao lado dos apresentadores e um deles solta: “Hoje você apresenta, vou embora. Está ao vivo.” E fui deixado em frente as câmeras. Sem mais explicações. E ali, cercado por técnicos de som, iluminação, cameraman e tudo o que tem direito, eu não sabia o que falar. Nada. Não tinha noção, não sabia das notícias, não sabia para onde olhar. E tudo foi ficando mais surreal, pois eu começava a revirar papéis, gavetas, tentar falar com as pessoas para me dar um norte, tudo ao vivo. Foi desesperador. E então acordei. Ufa!

Mas o que esses dois fatos têm em comum e qual sua relação com Escolhas e Oportunidades? Dessas pequenas histórias podemos tirar algumas lições importantes:

>> Esteja sempre preparado 

Você nunca sabe quando uma oportunidade baterá à sua porta. Seja a nova produtora da sua banda ou a chance de apresentar um dos mais importantes telejornais da atualidade. Então, independente da sua área de atuação, tenha um cartão de visita à mão, um espaço na internet (seja um site, blog ou redes sociais) com amostras do seu trabalho ou mesmo seu currículo sempre atualizado. A oportunidade certa pode chegar a qualquer momento.

>> A vida é feita de escolhas 

Nosso protagonista do primeiro fato, o Gilber, teve que fazer uma escolha. Ou ele entregava seu CD para o responsável dos shows no Sesc ou ele confiava na mulher que acabara de conhecer, e que parecia uma grande oportunidade. Ele poderia ter feito a primeira escolha. Talvez, o cara gostasse das músicas do grupo e agendasse um show com eles, ou então colocaria o CD em uma pilha de materiais no escritório e nunca mais tocaria nele. Levante os prós e contras de cada opção e faça a escolha certa!

>> Um objetivo pode mudar de direção

Não é porque seu objetivo está traçado e fixado na cabeça que ele não pode sofrer alterações. Quando temos algo fixo em mente, nos tornamos alheios aos acontecimentos que nos cercam. Mas um pequeno detalhe pode mudar nosso objetivo e nos ajudar a chegar em um resultado ainda mais satisfatório.

>> Prepare-se para o improviso

Parado ali, transmitido para milhares de pessoas na principal emissora do país, eu poderia falar de qualquer assunto, tratar de algo que me incomoda, utilizar o espaço para debater um assunto importante, ou mesmo fazer um jabá pessoal antes de chamar uma matéria ou algo assim, menos ficar mudo e desesperado. Esteja sempre pronto para improvisar. Alguma pergunta pode chegar de supetão, uma oferta de trabalho ou uma pessoa importante ao seu lado durante um evento. O improviso pode lhe render um primeiro contato ou lhe tirar de uma situação desconfortável. Treine isso.

2 respostas
  1. Roberia Cesar
    Roberia Cesar says:

    Sensacional. Realmente, não cabe mais esperar a oportunidade é preciso estar preparado a cada momento que pode ser a oportunidade que esperávamos. Parabéns.

    Responder
    • castrinho
      castrinho says:

      Obrigado pelo comentário. 🙂
      É isso mesmo, quem espera pode nunca alcançar. Mãos a obra e continue acompanhando meus pitacos por aqui.

      Abraços

      Responder

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *